Aldeias Artísticas 2016 – Arte, Comunidade e Sustentabilidade

As “Aldeias Artísticas 2016 – Arte, Comunidade e Sustentabilidade” regressaram no passado dia 7 de maio com o Fórum Cidadania e Território.  Esta é uma iniciativa em que a EcoGerminar é Co-Promotora com a Associação Terceira Pessoa.

ALDEIAS ARTÍSTICAS 2016 – “Das pessoas, com as pessoas para o desenvolvimento”, apresenta na 2ª edição um programa com base em três eixos, #ARTE # COMUNIDADE # SUSTENTABILIDADE – #Murais #Exposições #Mostras de cinema #Conversas #Encontro de Fotografia #Mercadinhos #Passeios Pedestres #Aula Aberta . Esta iniciativa resulta da dinâmica criada no âmbito da dinamização comunitária, em torno do projeto “Há festa no Campo” (Partis – Práticas Artísticas para a Inclusão Social – Fundação Calouste Gulbenkian), promovido pela Associação EcoGerminar e Terceira Pessoa, nas aldeias do Barbaído, Chão da Vã, Freixial do Campo e Juncal do Campo, no concelho de Castelo Branco. Esta iniciativa afirma um processo de desenvolvimento ao envolver a comunidade num conjunto de iniciativas sociais, económicas, culturais e artísticas e de encontros improváveis que aproximam territórios (rural e urbano) em debates comuns, como a cidadania e/ou a economia solidária. Esta 2ª edição inicia a 7 de maio, com o 12º Fórum C&T também na sua 1ª versão infantil, irá acolher artistas de arte urbana, exposições, encontros e terminará a 5 de junho com um Mercadinho do Camponês e um encontro da RedPES – Rede Portuguesa para a Economia Solidária. Esta é uma oportunidade única para conhecer o desenvolvimento local destas aldeias. Mais informações em https://www.facebook.com/hafestanocampo/

 

AA2016_MAPA-01 AA2016_PROGRAMAÇÃO-01

Anúncios