Rede AIA – Aldeias Inovadoras e Ativas

IMG_4595No passado sábado decorreu no Juncal do Campo um encontro de trabalho com dirigentes associativos (Cooperativa Terra Chã, CRL, Grupo de Solidariedade, Social, Desportivo, Cultural e Recreativo de Miro, ABROTTEA – Associação de Dinamização, Cultural, Histórica e Ambiental de Brotas e ECOGERMINAR – Associação de Desenvolvimento do Interior, de Promoção do Comércio Solidário, do Ecoturismo e de Luta à Desertificação),  das aldeias de Brotas (Mora), Chãos (Rio Maior) e Miro (Penacova), tendo faltado Landal (Caldas da Rainha).  As organizações e aldeias da Rede AIA caracterizam-se por apresentarem boas práticas empreendedoras e solidárias, que, na dimensão local, criam riqueza e contribuem para a sustentabilidade económica, social, cultural e ambiental dos seus territórios. Esta rede de associações da qual a EcoGerminar faz parte, vive e trabalha em territórios de baixa densidade mas afirmaram-se enquanto territórios com práticas de inovação social permitindo a atração de parceiros para o desenvolvimento, nomeadamente em fundações, universidades e empresas. Práticas tais como um restaurante que serve apenas produtos produzidos no território,  limpeza de mato com cabras, melaria comunitária, cooperativa de produtos da agricultura familiar para abastecer as instituições locais, rádio comunitária, restaurantes e alojamentos constituídos em rede, assembleias comunitárias, jornal das aldeias e mercadinhos do camponês são apenas algumas das boas práticas existentes. Esta rede após reuniões com a CCDR Centro e CCDR Sul, acredita ter condições para avançar com um projeto piloto, integrado e concertado entre territórios de desenvolvimento local. A Rede pretende revitalizar as aldeias como espaços de inovação e de cooperação numa visão de sustentabilidade ao  rentabilizar e exportar experiências, iniciativas, metodologias e ações  de desenvolvimento local, a partir dos processos vivenciados, comprovados e consolidados no âmbito da Rede com um investimento e criação da marca AIA que permitirá o desenvolvimento do turismo social de base comunitária.  Esta iniciativa contou com o apoio do acordo IEFP/Animar no âmbito da promoção e dinamização de plataformas temáticas.

Podem acompanhar o facebook da rede AIA

Anúncios