Encontro Juventude e Desenvolvimento

Cartaz_Encontro_Juventude_Desenvolvimento

Realiza-se esta sexta-feira, o Encontro subordinado ao tema “Juventude e Desenvolvimento” que decorrerá nas instalações no Centro de Juventude de Lisboa (CJL), Via de Moscavide, 47 101 – Parque das Nações, onde a EcoGerminar estará presente em representação do Projeto Há Festa no Campo sendo também a entidade gestora do Núcleo de Castelo Branco – Rede Cool

A iniciativa, enquadrada no âmbito do Ano Europeu para o Desenvolvimento, é promovida pelo Centro de Juventude de Lisboa (CJL) do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), pela FAJUDIS – Federação das Associações Juvenis do Distrito de Santarém e pela ANIMAR – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local, com o apoio do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua I.P, enquanto entidade coordenadora do plano nacional de trabalho português.

 Este Encontro, dirigido ao público em geral, nomeadamente jovens, animadores/as, técnicos/as, dirigentes associativos, autarcas e investigadores no domínio da economia social, tem como finalidade dar a conhecer as oportunidades para os/as jovens, testemunhos de boas práticas associativas e de projetos empreendedores, demonstrando assim a importância do envolvimento dos/as jovens e da atitude empreendedora para a promoção do desenvolvimento local dos territórios.

 O encontro juntará pessoas com papel relevante na execução de programas e projetos na área da juventude, nomeadamente representantes do IPDJ, da Agência Nacional para a Gestão do Programa Erasmus+, do Conselho da Europa e do Conselho Nacional da Juventude. A Associação de Estudantes da Faculdade de Farmácia de Lisboa, o Sport Clube Operário de Cem Soldos e a Lifeshaker apresentarão os seus testemunhos sobre a importância do associativismo, com enfoque no associativismo juvenil.

 Considerando as elevadas taxas de desemprego juvenil, bem como a desumanização dos territórios de baixa densidade, consideramos que é necessário dar a conhecer aos/às jovens projetos empreendedores que contribuem para a animação territorial e para o desenvolvimento local, sendo exemplo a intervenção da AID Global, bem como os projetos Rede Cool, Há Festa no Campo, o Microninho e as Redes Colaborativas – produção e emprego local, procurando desta forma contribuir para o incentivo e desenvolvimento do espírito associativismo juvenil.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s